Ir para conteúdo principal

Semantic

O prefixo de carregamento semantic cria um tipo especial de campo que pode ser usado no Qlik Sense para conectar e gerenciar dados relacionais, como estruturas em árvore, dados estruturados pai/filho de autorreferência e/ou dados que podem ser descritos como um gráfico.

Observe que o carregamento de semantic pode funcionar de forma semelhante aos prefixos Hierarchy e HierarchyBelongsTo. Todos os três prefixos podem ser usados como blocos de construção em soluções front-end eficazes para a travessia de dados relacionais.

Sintaxe:  

Semantic( loadstatement | selectstatement)

Um carregamento semântico espera uma entrada com exatamente três ou quatro campos de largura, com uma definição estrita do que cada campo ordenado representa, como mostra a tabela abaixo:

Campos de carregamento semântico
Nome do campo Descrição do campo
1º campo: Essa tag é uma representação do primeiro dos dois objetos entre os quais existe um relacionamento.
2º campo: Essa tag será usada para descrever a relação "direta" entre o primeiro e o segundo objetos. Se o primeiro objeto for um filho e o segundo objeto for um pai, você poderá criar uma guia de relacionamento que indique "pai" ou "pai de"  como se estivesse seguindo o relacionamento do filho para o pai. 
3º campo: Essa tag é uma representação do segundo dos dois objetos entre os quais existe um relacionamento. 
4º campo: Esse campo é opcional. Essa tag descreve o relacionamento "regressivo" ou "inverso" entre o primeiro e o segundo objetos. Se o primeiro objeto for filho e o segundo objeto for pai, uma guia de relacionamento poderá indicar "filho" ou "filho de", como se você estivesse seguindo o relacionamento do pai para o filho. Se você não adicionar um quarto campo, a segunda tag de campo será usada para descrever o relacionamento em qualquer direção. Nesse caso, um símbolo de seta é adicionado automaticamente como parte da tag.

O código a seguir é um exemplo do prefixo semantic.

Semantic  
Load 
Object, 
‘Parent’ AS Relationship, 
NeighbouringObject AS Object, 
‘Child’ AS Relationship 
from graphdata.csv; 
Nota informativaÉ permitido e prática típica rotular o terceiro campo da mesma forma que o primeiro campo. Isso cria uma pesquisa de autorreferência, para que você possa seguir os objetos até os objetos relacionados, um passo de cada vez. Se o terceiro campo não tiver o mesmo nome, o resultado final será uma pesquisa simples de um ou mais objetos para seus vizinhos relacionais diretos a apenas um passo de distância, o que é uma saída de pouco uso prático.

Configurações regionais

A menos que especificado de outra forma, os exemplos neste tópico usam o seguinte formato de data: MM/DD/AAAA. O formato de data é especificado na instrução SET DateFormat no seu script de carregamento de dados. A formatação de data padrão pode ser diferente no seu sistema devido às suas configurações regionais e outros fatores. Você pode alterar os formatos nos exemplos abaixo para atender às suas necessidades. Ou pode alterar os formatos no seu script de carregamento para corresponder a esses exemplos. Para obter mais informações, consulte Modificando as configurações regionais do aplicativo.

As configurações regionais padrão nos aplicativos são baseadas em uma combinação de configurações do provedor de identidade, configurações do sistema ou configurações do navegador. Essas configurações de formato regional não estão relacionadas ao idioma exibido na interface do usuário do Qlik Cloud. O Qlik Cloud será exibido no mesmo idioma do navegador que você está usando.

Se você for um criador de aplicativos, poderá definir a região padrão para os aplicativos que criar. Para obter mais informações, consulte Definindo suas configurações regionais preferidas para a criação de aplicativos.

Funções relacionadas
Funções Interação
Hierarchy O prefixo de carregamento Hierarchy é usado para dividir e organizar nós em estruturas de dados pai/filho e outras estruturas de dados semelhantes a gráficos e transformá-los em tabelas.
HierarchyBelongsTo O prefixo de carregamento HierarchyBelongsTo é usado para localizar e organizar os ancentrais de estruturas de dados pai/filho e outras estruturas de dados semelhantes a gráficos e transformá-los em tabelas.

Exemplo: Criação de um campo especial para conectar relacionamentos usando o prefixo semântico