Ir para conteúdo principal Skip to complementary content

Criando uma medida mestre com uma função de agregação comum

Quando você está trabalhando com um aplicativo não publicado, é possível criar medidas mestres para que elas possam ser reutilizadas. Você pode facilmente criar uma medida usando uma das funções de agregação mais comuns, selecionando a função e o campo nas listas suspensas.

Ao nomear uma entidade, evite atribuir o mesmo nome a mais de um campo, variável ou medida. Existe uma ordem estrita de precedência para resolver conflitos entre entidades com nomes idênticos. Essa ordem é refletida em quaisquer objetos ou contextos nos quais essas entidades são usadas. Esta ordem de precedência é a seguinte:

  • Dentro de uma agregação, um campo tem precedência sobre uma variável. Rótulos de medida não são relevantes em agregações e não são priorizados.

  • Fora de uma agregação, um rótulo de medida tem precedência sobre uma variável que, por sua vez, tem precedência sobre um nome de campo.

  • Além disso, fora de uma agregação, uma medida pode ser reutilizada ao se fazer referência ao seu rótulo, a menos que esse rótulo seja de fato um rótulo calculado. Nessa situação, a medida perde significado para reduzir o risco de autorreferência e, nesse caso, o nome sempre será interpretado primeiro como um rótulo de medida, segundo como um nome de campo e terceiro como um nome de variável.

  1. Clique em Edit Editar pasta na barra de ferramentas.

    O painel de ativos é aberto no lado esquerdo.

  2. Clique em Itens mestre para selecionar a guia de itens mestres.
  3. Clique no cabeçalho Medidas para expandir essa categoria.

  4. Clique em Criar novo.

    A caixa de diálogo Criar nova medida é aberta.

  5. Clique em Expressão no campo Expressão para abrir a caixa de diálogo Adicionar expressão.

    Você encontra listas suspensas para selecionar um campo e uma função comum no lado direito.

  6. Se desejar mostrar os campos de uma tabela específica, selecione o nome da tabela na lista suspensa (opcional).
  7. Selecione um campo na lista suspensa Campo.
  8. Selecione uma função na lista suspensa inferior.

    Nota de dicaVocê pode inserir apenas um campo não selecionando uma função.
  9. Clique em Inserir para inserir o campo e a função no editor de expressão.

    Nota de dicaÉ possível abrir a ajuda on-line com a descrição completa de como usar a função atual, clicando duas vezes no nome da função no editor de expressões e pressionando Ctrl+H no teclado. Esse recurso torna-se disponível depois de ter inserido o primeiro parêntese da expressão após o nome da função, e somente ao usar um computador com teclado.
  10. Clique em Aplicar para fechar o diálogo Adicionar expressão.

    Agora você precisa adicionar alguns dados descritivos para a medida.

  11. Digite um nome para a medida.

  12. Digite uma descrição para a medida (opcional).

  13. Se quiser especificar uma cor, clique em Seta para baixo na lista suspensa de cores e selecione uma cor através de um dos métodos a seguir:

    • Escolha uma das cores na paleta.
    • Digite um código de cores de 6 caracteres no campo de entrada hexagonal.
    • Clique em Mostrar opções no final da caixa de diálogo, selecione uma cor na roda de cores e, opcionalmente, ajuste o controle deslizante de saturação.
  14. Adicione tags (opcional).

  15. Em Formato numérico, você pode escolher:

    • Automático
    • Número
    • Money
    • Date
    • Duração
    • Personalizado
    • Expressão da medida

  16. Clique em Criar.

A medida é salva na categoria Medidas dos itens mestres e você pode usá-la nas visualizações.

Saiba mais

 

Funções básicas de agregação