Ir para conteúdo principal

Above

NESTA PÁGINA

Above

Above() avalia uma expressão na linha acima da linha atual dentro de um segmento de coluna em uma tabela. A linha para a qual ela é calculada depende do valor de offset; se estiver presente, o padrão será a linha diretamente acima. Para gráficos que não sejam tabelas, Above() avalia a linha acima da linha atual, na tabela estática equivalente do gráfico.

Syntax:  

Above([TOTAL] expr [ , offset [,count]])

Return data type: dual

Arguments:  

  • expr: A expressão ou campo que contém os dados a serem medidos.
  • offset: Especificar um offset n, maior que 0, move a avaliação da expressão n linhas acima da atual. A especificação de um deslocamento igual a 0 avaliará a expressão na linha atual. Especificar um número de compensação negativa faz a função Above atuar como a função Below com o número de compensação positiva correspondente.
  • count: Especificando um terceiro argumento count maior que 1, a função retornará uma série de valores count, um para cada uma das linhas da tabela count, contado para cima a partir da célula original. Dessa forma, a função pode ser usada como um argumento para qualquer uma das funções de intervalo especiais. Funções de intervalo
  • TOTAL: Se a tabela for unidimensional ou se o qualificador TOTAL for usado como argumento, o segmento de coluna atual será sempre igual à coluna inteira.

    Definindo o escopo de agregação

Na primeira linha de um segmento de coluna, um valor NULL é retornado, já que não há uma linha acima dela.

Nota: Um segmento de coluna é definido como um subconjunto consecutivo de células que contêm os mesmos valores para as dimensões na ordem de classificação atual. As funções de inter-registro de gráficos são computadas no segmento de coluna, excluindo a dimensão mais à direita no gráfico de tabela estática equivalente. Se houver apenas uma dimensão no gráfico ou se o qualificador TOTAL for especificado, a expressão avalia a tabela completa.
Nota: Se a tabela ou o equivalente de tabela tiver várias dimensões verticais, o segmento de coluna atual incluirá somente linhas com os mesmos valores que a linha atual em todas as colunas de dimensão, exceto na coluna que mostrar a última dimensão na ordem de classificação entre os campos.

Limitations:  

As chamadas recursivas retornarão NULL.

Examples and results:  

Example 1:  

Exemplo de saída de tabela
Customer Sum(Sales) Above(Sum(Sales)) Sum(Sales) + Above(Sum(Sales)) Above offset 3 Higher?
- 2566 - - - -
Astrida 587 - - - -
Betacab 539 587 1126 - -
Canutility 683 539 1222 - Higher
Divadip 757 683 1440 1344 Higher

Na representação do gráfico da tabela mostrada neste exemplo, a tabela é criada a partir da dimensão Customer e das medições: Sum(Sales) e Above(Sum(Sales)).

A coluna Above(Sum(Sales)) retorna NULL para a linha Customer contendo Astrida, porque não há nenhuma linha acima dela. O resultado para a linha Betacab mostra o valor de Sum(Sales) para Astrida, o resultado para Canutility mostra o valor para Sum(Sales) para Betacab e assim por diante.

Para a coluna rotulada Sum(Sales)+Above(Sum(Sales)), a linha para Betacab mostra o resultado da soma dos valores Sum(Sales) para as linhas Betacab + Astrida (539+587). O resultado da linha Canutility mostra o resultado da adição de valores de Sum(Sales) para Canutility + Betacab (683+539).

A medição rotulada Above offset 3 criada usando a expressão Sum(Sales)+Above(Sum(Sales), 3) tem o argumento offset, definido como 3 e tem o efeito de obter o valor na linha três linhas acima da linha atual. Ele soma o valor Sum(Sales) para o atual Customer ao valor Customertrês linhas acima. Os valores retornados para as três primeiras linhas Customer são null.

A tabela também mostra medidas mais complexas: uma criada a partir de Sum(Sales)+Above(Sum(Sales)) e uma rotulada como Higher?, que é criada a partir de IF(Sum(Sales)>Above(Sum(Sales)), 'Higher').

Dica: Essa função também pode ser usada para gráficos além de tabelas, como gráficos de barra.
Dica: Para outros tipos de gráficos, converta o gráfico para o equivalente de tabela simples, para que você possa facilmente interpretar a qual linha a função está relacionada.

Example 2:  

Nas representações dos gráficos de tabela mostrados neste exemplo, foram adicionadas mais dimensões aos gráficos: Month e Product. Para gráficos com mais de uma dimensão, os resultados de expressões que contêm as funções Above, Below, Top e Bottom dependem da ordem em que as dimensões da coluna são classificadas pelo QlikView. O QlikView avalia as funções com base nos segmentos de coluna que resultam da dimensão que é classificada por último. A ordem de classificação da coluna é controlada no painel de propriedades em Classificação e não é necessariamente a ordem em que as colunas aparecem na tabela.

Na representação a seguir do gráfico de tabela para o Exemplo 2, a última dimensão classificada é Month, portanto a função Above avalia com base em meses. Há uma série de resultados para cada valor Product para cada mês (Jan a Aug) - um segmento de coluna. Isso é seguido por uma série para o próximo segmento de coluna: para cada Month para o próximo Product. Haverá um segmento de coluna para cada valor Customer para cada Product.

Exemplo de saída de tabela
Customer Product Month Sum(Sales) Above(Sum(Sales))
- - - 2566 -
Astrida AA Jan 46 -
Astrida AA Feb 60 46
Astrida AA Mar 70 60
Astrida AA Apr 13 70
Astrida AA May 78 13
Astrida AA Jun 20 78
Astrida AA Jul 45 20
Astrida AA Aug 65 45

Example 3:  

Na representação do gráfico de tabela para o Exemplo 3, a última dimensão classificada é Product. Isto é feito movendo a dimensão Product para a posição 3 na guia Classificação do painel de propriedades. A função Above é avaliada para cada Product, e como existem apenas dois produtos, AA e BB, há apenas um resultado não "null" em cada série. Na linha BB para o mês Jan, o valor para Above(Sum(Sales)), é 46. Para a linha AA, o valor é null. O valor em cada linha AA para qualquer mês será sempre null, porque não há valor de Product acima de AA. A segunda série é avaliada emAA e BB para o mês Feb para o valor Customer, Astrida. Quando todos os meses forem avaliados para Astrida, a sequência é repetida para o segundo CustomerBetacab, e assim por diante.

Exemplo de saída de tabela
Customer Product Month Sum(Sales) Above(Sum(Sales))
- - - 2566 -
Astrida AA Jan 46 -
Astrida BB Jan 46 46
Astrida AA Feb 60 -
Astrida BB Feb 60 60
Astrida AA Mar 70 -
Astrida BB Mar 70 70
Astrida AA Apr 13 -
Astrida BB Apr 13 13

Example 4:  

A função Above pode ser usada como entrada para as funções range. Por exemplo: RangeAvg (Above(Sum(Sales),1,3)).

Nos argumentos para a função Above(), offset é definido como 1 e count é definido como 3. A função encontra os resultados da expressão Sum(Sales) nas três linhas imediatamente acima da linha atual no segmento de coluna (onde há uma linha). Estes três valores são usados como entrada para a função RangeAvg(), que encontra a média de valores na variação de números fornecidos.

Uma tabela com Customer como dimensão dá os seguintes resultados para a expressão RangeAvg().

Exemplo de saída de tabela
Customer RangeAvg (Above(Sum(Sales),1,3))
Astrida -
Betacab 587
Canutility 563
Divadip 603

Dados usados nos exemplos:

Monthnames:

LOAD * INLINE [

Month, Monthnumber

Jan, 1

Feb, 2

Mar, 3

Apr, 4

May, 5

Jun, 6

Jul, 7

Aug, 8

Sep, 9

Oct, 10

Nov, 11

Dec, 12

];

Sales2013:

crosstable (Month, Sales) LOAD * inline [

Customer|Jan|Feb|Mar|Apr|May|Jun|Jul|Aug|Sep|Oct|Nov|Dec

Astrida|46|60|70|13|78|20|45|65|78|12|78|22

Betacab|65|56|22|79|12|56|45|24|32|78|55|15

Canutility|77|68|34|91|24|68|57|36|44|90|67|27

Divadip|57|36|44|90|67|27|57|68|47|90|80|94

] (delimiter is '|');

Para obter os meses para classificar na ordem correta, ao criar seus gráficos, acesse a aba Sort das propriedades do gráfico e marque a caixa de seleção Expression em Sort by. Na caixa de expressões, escreva Monthnumber.