Ir para conteúdo principal

Gerenciando dados com exibições dinâmicas

Exibições dinâmicas oferecem aos usuários a capacidade de controlar diretamente as fontes analíticas que desejam explorar e quando os dados são atualizados nas exibições.

Exibições dinâmicas permitem consultar e visualizar subconjuntos relevantes de grandes conjuntos de dados em gráficos que podem ser atualizados dinamicamente à medida que as seleções são feitas. Isso permite exibições atualizadas para alto volume de dados ou cenários de dados que mudam rapidamente.

Visão geral de exibições dinâmicas

Exibições dinâmicas permitem conectar um aplicativo básico a outro aplicativo. As visualizações mestre desse aplicativo podem ser usadas no aplicativo de base. Isso permite que os criadores de aplicativos usem visualizações mestre do aplicativo de modelo como gráficos dinâmicos em outros aplicativos. Não há limite para o número de exibições dinâmicas que você pode adicionar ao seu aplicativo básico.

Exibição de pasta com exibição dinâmica e gráficos dinâmicos

A sheet with a dynamic view displaying four dynamic charts

Exibições dinâmicas são feitas a partir de três componentes principais:

  • Exibições dinâmicas: Um mecanismo adicionado aos aplicativos de base que se conectam aos aplicativos de modelo e permitem que os criadores de aplicativos adicionem visualizações mestre do aplicativo de modelo ao aplicativo de base.
  • Aplicativos de modelo de exibição dinâmica: Um aplicativo do Qlik Sense contendo conexões com fontes de dados, como bancos de dados na nuvem.
  • Gráficos dinâmicos: Visualizações mestre no aplicativo de modelo de exibição dinâmica que podem ser adicionadas aos aplicativos de base e que podem ser atualizadas manualmente pelos usuários.

O aplicativo de modelo e o aplicativo de base não precisam usar os mesmos dados. Se você tiver um conjunto de dados que cubra as compras dos clientes, poderá adicionar uma exibição dinâmica a um aplicativo de modelo que contenha dados climáticos para verificar quaisquer correlações.

Se os dados consultados na origem do aplicativo de modelo puderem ser filtrados usando valores em seu aplicativo de base, você pode usar expressões de ligação no script do aplicativo de modelo. Isso permite que a exibição dinâmica consulte apenas um subconjunto de dados especificamente relacionados às seleções no aplicativo de base nas fontes de dados do aplicativo de modelo. Por exemplo, você pode vincular o campo SalesDate no aplicativo de base ao campo DailyTemperatureReadingDate no aplicativo de modelo.

Esse recurso de subconjunto é útil se o aplicativo de base contiver dados agregados e os dados de exibição dinâmica forem da mesma origem, mas for mais granular que os dados do aplicativo de base (por exemplo, o aplicativo de base conterá vendas por mês e marca do produto, enquanto o aplicativo de modelo conterá vendas por dia e nome do produto). Para obter mais informações sobre como adicionar expressões de ligação a aplicativos de modelo, consulte Vinculando expressões em aplicativos modelo On-Demand.

Exibições dinâmicas podem ser usadas com qualquer tipo de dados. Elas são particularmente úteis quando se lida com grandes volumes de dados ou com cenários de mudança rápida de dados, em que é melhor executar agregações de dados no banco de dados. Isso ajuda a evitar a latência nas transferências de dados da fonte de dados.

As exibições dinâmicas são acessíveis no painel Ativos. Exibições dinâmicas são habilitadas pelos administradores no QMC. Para obter informações sobre como habilitar exibições dinâmicas, consulte Gerenciando aplicativos On-demand (somente em inglês).

Exibições dinâmicas são semelhantes à geração de aplicativos On-demand. Ambos usam aplicativos de modelo para oferecer dados On-demand, mas as exibições dinâmicas permitem o uso de gráficos individuais em pastas, em vez de gerar aplicativos On-demand inteiros. Se você também estiver usando aplicativos On-demand, poderá criar exibições dinâmicas usando seus aplicativos de modelo On-demand. Para obter mais informações sobre como gerar aplicativos On-demand, consulte Gerenciando big data com aplicativos on-demand.

Exibições dinâmicas

Ao criar uma exibição dinâmica, você seleciona um aplicativo de modelo e aplica opcionalmente uma expressão de limite de linha para controlar a quantidade de dados que a exibição dinâmica acessará. Depois que a exibição dinâmica é criada, você pode adicionar visualizações mestre do aplicativo de modelo às suas pastas.

Várias exibições dinâmicas podem usar o mesmo aplicativo de modelo. Cada exibição dinâmica é atualizada individualmente. Se expressões de ligação forem usadas no script de aplicativo de modelo de uma exibição dinâmica, as seleções feitas no aplicativo de base poderão controlar quais dados são carregados em cada exibição dinâmica que usa esse aplicativo de modelo. Duas exibições dinâmicas usando o mesmo modelo podem ser usadas para comparar gráficos lado a lado de dois subconjuntos separados de dados granulares. Por exemplo, você tem duas exibições dinâmicas usando o mesmo aplicativo de modelo. Você pode selecionar 1º de janeiro de 2018 no campo SaledDate do aplicativo de base e atualizar uma exibição dinâmica. Em seguida, você pode alterar a seleção para 1º de janeiro de 2019, atualizar a outra exibição dinâmica e comparar os gráficos dinâmicos.

Quando um usuário acessa um aplicativo que contém uma exibição dinâmica, um aplicativo On-demand é adicionado ao seu Trabalho. Este aplicativo contém o aplicativo de modelo de exibição dinâmica com os dados atuais e é usado para preencher o aplicativo base com a exibição dinâmica. Ele é substituído por uma nova versão sempre que a exibição dinâmica é atualizada. Se o usuário não for o proprietário do aplicativo de modelo de exibição dinâmica, o script de carregamento será removido. Esses aplicativos são excluídos 24 horas após a última atualização.

Para obter informações sobre como criar e editar exibições dinâmicas, consulte Gerenciando dados com exibições dinâmicas.

Para obter informações sobre o uso de exibições dinâmicas, consulte Usando exibições e gráficos dinâmicos.

Aplicativos de modelo de exibição dinâmica

Um aplicativo de modelo de exibição dinâmica é um aplicativo do Qlik Sense usado para fornecer exibições dinâmicas com dados e visualizações mestre.

Modelos de exibição dinâmica podem ter um script de carregamento que contém expressões de ligação de dados usadas para formular consultas feitas nas fontes de dados com base nas seleções feitas no aplicativo de base. Expressões de ligação geralmente são criadas por usuários com experiência em escrever scripts de carregamento do Qlik Sense. Aplicativos de modelo podem ter condições de filtro de consulta baseadas nos parâmetros de entrada fornecidos durante a ativação de gráficos dinâmicos.

Após a conclusão do modelo de dados de um aplicativo de modelo de exibição dinâmica, as visualizações mestre podem ser adicionadas ao aplicativo de modelo. Essas visualizações mestre podem ser acessadas por exibições dinâmicas e adicionadas como gráficos dinâmicos em outros aplicativos.

Para obter informações sobre como criar aplicativos de modelo, consulte Criando um aplicativo modelo On-demand.

Gráficos dinâmicos

Gráficos dinâmicos são derivados dos gráficos mestre do aplicativo de modelo de uma exibição dinâmica. Podem ser adicionados às pastas de outros aplicativos usando exibições dinâmicas. Ao contrário de outros gráficos do Qlik Sense, os usuários podem controlar quando os dados de origem em uma exibição dinâmica são atualizados usando uma opção de atualização nos gráficos. Quando os dados de uma exibição dinâmica são controlados por expressões de ligação, o Qlik Sense rastreia o estado de seleção do aplicativo de base. Um ícone de dados obsoletos aparece em cada gráfico de uma exibição dinâmica sempre que o estado de seleção do aplicativo de base é alterado, para que o novo valor defina os campos vinculados à exibição dinâmica e desative-os para que não correspondam mais aos valores usados na última atualização da exibição.

Para obter informações sobre como usar gráficos dinâmicos, consulte Usando exibições e gráficos dinâmicos.

Limitações de exibições dinâmicas

As exibições dinâmicas têm as seguintes limitações:

  • Exibições dinâmicas não são compatíveis com histórias. Você pode adicionar snapshots de gráficos dinâmicos às histórias, mas não pode usar ir para a origem com um gráfico dinâmico.
  • Exibições dinâmicas não são compatíveis com o Qlik NPrinting.
  • Exibições dinâmicas são compatíveis com as extensões do painel e do pacote de visualização. Nenhuma outra extensão possui suporte.
  • A propriedade da exibição dinâmica não muda com a propriedade do aplicativo.
  • Exibições dinâmicas não podem ser criadas em aplicativos em um espaço gerenciado.
  • Não é possível baixar gráficos dinâmicos como PDFs.

Fluxos e exibições dinâmicas

Você pode criar exibições dinâmicas para qualquer aplicativo ao qual você tenha acesso. Você pode fazer exibições dinâmicas para seus aplicativos publicados em fluxos e nos aplicativos não publicados em Trabalho. Você também pode fazer exibições dinâmicas em aplicativos publicados pertencentes a outros usuários em fluxos aos quais você tem acesso.

Os usuários com acesso a um aplicativo com uma exibição dinâmica podem usar a exibição dinâmica, mesmo que não tenham acesso ao aplicativo de modelo.

Exibições dinâmicas não podem ser adicionadas aos aplicativos publicados. Os aplicativos podem ser duplicados e republicados para adicionar novas exibições dinâmicas.