Usando estados alternados para análises comparativas

Se você deseja realizar análises comparativas, pode usar estados alternados no Qlik Sense. Com os estados alternados, é possível fazer seleções diferentes na mesma dimensão e comparar essas seleções em uma ou em duas ou mais visualizações lado a lado.

Você pode usar estados alternados em visualizações de duas maneiras diferentes:

  • Aplicando um estado à visualização. Isso conecta a seleção da visualização à seleção do estado.
  • Usando estados na expressão de conjunto de uma medida. Isso é útil para comparar valores de medidas de diferentes estados.

Criando estados alternados

Você pode criar um novo estado alternado em Estados alternados, em Itens mestre:

  1. Selecione Criar novo.
  2. Forneça um nome para o novo estado. Existem algumas limitações de nomenclatura:

    • Não use $, 0 ou 1 como nome de estado.
    • Não use um nome de estado começando com $ ou $_ seguido por um número, por exemplo, $3.
    • Não use um nome de estado já usado como um nome de marcador.

Você agora criou um novo estado alternado que pode ser usado para realizar análises comparativas. Normalmente, você desejará criar outro estado para comparar os dois.

Aplicando estados alternados a pastas e visualizações

É possível aplicar um estado a uma visualização ou a uma pasta. Se você aplicar um estado a uma pasta, todas as visualizações nessa pasta herdarão o estado, a menos que você aplique outro estado a uma visualização específica. Quando você aplica um estado a uma visualização, ela reflete as seleções feitas nesse estado. Quaisquer seleções feitas serão aplicadas ao estado e refletidas em outras visualizações que tiverem o mesmo estado aplicado.

A maneira mais fácil de aplicar um estado alternado é soltá-lo em uma pasta ou visualização e, em seguida, selecionar Aplicar estado.

Você também pode aplicar um estado alternado com a configuração Estado no painel de propriedades:

  • Para uma pasta, a configuração está localizada em Estados alternados.
  • Para uma visualização, a configuração está localizada em Aparência > Estados alternados.

É possível selecionar:

  • Qualquer estado alternado definido em Itens mestre.
  • <herdado> e, nesse caso, o estado definido para a pasta é usado.
  • <estado padrão>, que representa o estado em que nenhum estado alternado é aplicado.

Usando estados alternados em visualizações

Além de aplicar um estado a uma visualização, você também pode usar estados alternados na expressão de conjunto de uma medida. Isso é útil quando você deseja comparar valores de medidas para diferentes seleções de dimensões lado a lado.

É possível definir o estado alternado como um identificador na expressão de conjunto. Se você quiser usar a medida Sum(Sales) na sua visualização, por exemplo, um gráfico de barras, com um estado chamado Group1, use a seguinte expressão como medida:

Sum({Group1}Sales)

Para comparar com um estado diferente chamado Group2, você pode criar outra medida com a expressão Sum({Group2}Sales).

O gráfico de barras mostrará as vendas para a seleção em Group1 lado a lado com as vendas para Group2.

Para obter mais informações sobre expressões de conjunto, consulte Análise de conjunto e expressões de conjunto.

Obtendo informações sobre a seleção de um estado alternado

É possível ver as seleções de diferentes estados na barra de seleções.

Para obter mais informações, consulte Explorando com seleções.

Talvez você também queira usar informações sobre quais e quantas seleções foram feitas em um estado alternado em rótulos ou títulos de visualizações. É possível usar as seguintes funções de gráfico com o parâmetro state_name para retornar seleções associadas ao nome do estado especificado:

Limitações

Não será possível adicionar visualizações a itens mestres se você tiver definido o estado da visualização como qualquer outro valor diferente de <herdado>.

Exemplo de análise comparativa

Neste exemplo, queremos poder comparar os números de vendas de linhas de produto para diferentes seleções de regiões de vendas. Queremos selecionar dinamicamente as regiões que comparamos, como regiões únicas ou uma combinação de regiões.

Conjunto de dados e aplicativo

Se quiser seguir este exemplo, você precisará baixar o Qlik Sense Tutorial – criando um aplicativo para obter o conjunto de dados. Se você tiver concluído o tutorial, poderá usar o aplicativo que criou. De outra forma, será necessário criar um aplicativo, adicionar todos os seis arquivos de dados na pasta Origem dos tutoriais e associá-los usando recomendações automáticas no gerenciador de dados.

Tutorial – criando um aplicativo

Criar estados alternados

Para este exemplo, precisamos de dois estados alternados. Em Itens mestre > Estados alternados:

  1. Crie um novo estado chamado Grupo 1.
  2. Crie um novo estado chamado Grupo 2.

Você criou agora os dois estados alternados de que precisamos neste exemplo.

Criar painéis de filtro para seleção

  1. Adicione um painel de filtro com o campo Região.
  2. Edite o rótulo do painel de filtro de forma que ele indique =StateName(). Isso serve para facilitar a diferenciação, pois o estado não é indicado no painel de filtro. A função StateName() retorna o estado aplicado à função.
  3. Solte o estado Grupo 1 no painel de filtro e selecione Aplicar estado.
  4. Adicione outro painel de filtro com o campo Região.
  5. Edite o rótulo do segundo painel de filtro de forma que ele indique =StateName().
  6. Solte o estado Grupo 2 no segundo painel de filtro e selecione Aplicar estado.

Você criou agora os dois painéis de filtro que são usados para controlar as seleções de cada um dos dois estados. Quando você fizer uma seleção no painel de filtro Grupo 1, a mesma seleção será aplicada ao estado Grupo 1, o que se refletirá em todas as visualizações conectadas a esse estado.

Criar um gráfico de barras para análise

  1. Crie uma medida de item mestre com o nome Group1Sales.

    Defina Expressão como Sum({[Group 1]}[Sales]).

    Essa expressão soma as vendas de todas as seleções no estado Grupo 1.

    Defina Expressão do rótulo como 'Sales '&GetCurrentSelections(chr(13)&chr(10), '=', ',' ,9,'Group 1').

    Usamos uma expressão de rótulo para poder mostrar a seleção atual do estado como um rótulo no gráfico, em vez do rótulo padrão.

  2. Crie outra medida de item mestre com o nome Group2Sales.

    Defina Expressão como Sum({[Group 2]}[Sales]).

    Defina Expressão do rótulo como 'Sales '&GetCurrentSelections(chr(13)&chr(10), '=', ',' ,9,'Group 2').

  3. Adicione um gráfico de barras à pasta.
  4. Defina o campo Linha de produtos como uma dimensão.
  5. Adicione as medida Group1Sales e Group2Sales.

Agora, você criou um gráfico de barras que mostra as vendas por linha de produtos para os dois grupos de regiões selecionados nos painéis de filtro. Quando uma nova seleção for feita em um dos painéis de filtro, o valor de medida correspondente mudará de acordo com a nova seleção.

Descoberta

Agora, você pode fazer seleções no Grupo 1 e no Grupo 2 e ver os resultados das combinações selecionadas de regiões no gráfico de barras.