Rank - função de gráfico

Rank() avalia as linhas do gráfico na expressão e, para cada linha, exibe a posição relativa do valor da dimensão avaliada na expressão. Ao avaliar a expressão, a função compara o resultado com o resultado de outras linhas que contêm o segmento de coluna atual e retorna a posição da linha atual dentro do segmento.

Para gráficos que não sejam tabelas, o segmento de coluna atual é definido conforme ele é exibido no equivalente de tabela estática do gráfico.

Syntax:  

Rank([TOTAL] expr[, mode[, fmt]])

Return data type: dual

Arguments:  

Argumento Descrição
expr A expressão ou campo que contém os dados a serem medidos.
mode Especifica a representação numérica do resultado da função.
fmt Especifica a representação textual do resultado da função.
TOTAL

Se o gráfico for unidimensional ou se a expressão for precedida pelo qualificador TOTAL, a função será avaliada na coluna inteira. Se a tabela ou o equivalente de tabela tiver várias dimensões verticais, o segmento de coluna atual incluirá somente linhas com os mesmos valores que a linha atual em todas as colunas de dimensão, exceto na coluna que mostrar a última dimensão na ordem de classificação entre os campos.

Definindo o escopo de agregação

A posição é retornada como um valor dual, que, quando cada linha tiver uma posição única, será um número inteiro entre 1 e o número de linhas do segmento da coluna atual.

Caso várias linhas compartilhem a mesma posição, a representação textual e numérica poderá ser controlada com os parâmetros mode e fmt.

mode

O segundo argumento, mode, pode ter os seguintes valores:

Valor Descrição
0 (padrão)

Se todas as posições dentro do grupo de compartilhamento estiverem no lado inferior do valor intermediário da posição, todas as linhas receberão a posição mais baixa dentro do grupo.

Se todas as posições de compartilhamento dentro do grupo estiverem no lado superior do valor intermediário da posição, todas as linhas receberão a posição mais alta dentro do grupo.

Se as posições dentro do grupo se estenderem além do valor intermediário de toda a posição, todas as linhas receberão o valor correspondente à média da posição superior e inferior de todo o segmento de coluna.

1 Posição mais baixa em todas as linhas.
2 Posição média em todas as linhas.
3 Posição mais alta em todas as linhas.
4 Posição mais baixa na primeira linha, depois, aumentada em incrementos de um para cada linha.
fmt

O terceiro argumento, fmt, pode ter os seguintes valores:

Valor Descrição
0 (padrão) Valor baixo - valor alto em todas as linhas (por exemplo 3-4).
1 Valor baixo em todas as linhas.
2 Valor baixo na primeira linha, em branco nas linhas seguintes.

A ordem das linhas para mode 4 e fmt 2 é determinada pela ordem de classificação das dimensões do gráfico.

Examples and results:  

Crie duas visualizações a partir das dimensões Product e Sales e outra a partir de Product e UnitSales. Adicione medidas, conforme mostrado na tabela a seguir.

Exemplos Resultados

Exemplo 1. Crie uma tabela com as dimensões Customer e Sales e com a medida Rank(Sales)

O resultado dependerá da ordem de classificação das dimensões. Se a tabela for classificada em Customer, a tabela listará todos os valores de Sales para Astrida, Betacab, e assim por diante. Os resultados de Rank(Sales) mostrarão 10 para o valor de 12 de Sales, 9 para o valor de 13 de Sales e assim por diante, com o valor da posição de 1 retornado para o valor 78 de Sales. O próximo segmento da coluna começa com Betacab, para o qual o primeiro valor de Sales no segmento é 12. O valor da posição de Rank(Sales) para este é dado como 11.

Se a tabela for classificada em Sales, os segmentos da coluna consistirão nos valores de Sales e do Customer correspondente. Como existem dois valores de 12 de Sales (para Astrida e Betacab), o valor de Rank(Sales) para esse segmento de coluna é 1-2, para cada valor de Customer. Isso ocorre pois existem dois valores de Customer para o valor de 12 de Sales. Se existissem 4 valores, o resultado seria 1-4 para todas as linhas. Isso mostra qual seria o resultado para o valor padrão (0) do argumento fmt.

Exemplo 2. Substitua a dimensão Customer por Product e adicione a medida Rank(Sales,1,2) Isto retorna 1 na primeira linha em cada segmento de coluna e deixa todas as outras linhas em branco, pois os argumentos mode e fmt são definidos para 1 e 2, respectivamente.

Resultados para o exemplo 1, com a tabela classificada por Customer:

Customer Sales Rank(Sales)
Astrida 12 10
Astrida 13 9
Astrida 20 8
Astrida 22 7
Astrida 45 6
Astrida 46 5
Astrida 60 4
Astrida 65 3
Astrida 70 2
Astrida 78 1
Betcab 12 11

Resultados para o exemplo 1, com a tabela classificada por Sales:

Customer Sales Rank(Sales)
Astrida 12 1-2
Betacab 12 1-2
Astrida 13 1
Betacab 15 1
Astrida 20 1
Astrida 22 1-2
Betacab 22 1-2
Betacab 24 1-2
Canutility 24 1-2

 

Dados usados nos exemplos:

ProductData:

Load * inline [

Customer|Product|UnitSales|UnitPrice

Astrida|AA|4|16

Astrida|AA|10|15

Astrida|BB|9|9

Betacab|BB|5|10

Betacab|CC|2|20

Betacab|DD|0|25

Canutility|AA|8|15

Canutility|CC|0|19

] (delimiter is '|');

 

Sales2013:

crosstable (Month, Sales) LOAD * inline [

Customer|Jan|Feb|Mar|Apr|May|Jun|Jul|Aug|Sep|Oct|Nov|Dec

Astrida|46|60|70|13|78|20|45|65|78|12|78|22

Betacab|65|56|22|79|12|56|45|24|32|78|55|15

Canutility|77|68|34|91|24|68|57|36|44|90|67|27

Divadip|57|36|44|90|67|27|57|68|47|90|80|94

] (delimiter is '|');