Ir para conteúdo principal

Visualizando contribuições positivas e negativas para o resultado com um gráfico em cascata

NESTA PÁGINA

Visualizando contribuições positivas e negativas para o resultado com um gráfico em cascata

Este exemplo mostra como fazer um gráfico em cascata para visualizar como valores positivos e negativos contribuem para o resultado final.

Queremos ver as contribuições positivas para o CO2 na atmosfera, como petróleo ou gás, em relação a fatores negativos, como sumidouros.

Conjunto de dados

Neste exemplo, usaremos um conjunto de dados simples que você pode copiar para um arquivo de texto para usar como fonte de dados. Ele contém o nível de CO2 da atmosfera em ppm a partir de 1870, bem como os contribuintes positivos e negativos para o CO2 na atmosfera no período entre 1870 e 2017.

Atmosphere 1870,Coal,Oil,Gas,Cement,Land,Imbalance,Land sink,Ocean sink,Atmosphere 2017 288,94,72,31,5,88,-12,-89,-72,405
(Fonte: CDIAC/GCP/NOAA-ESRL/UNFCCC/BP/USGS)

Adicione o arquivo de texto como fonte de dados em um aplicativo vazio e carregue os dados. Certifique-se de usar vírgula como delimitador de campo.

Visualização

Adicionamos um gráfico em cascata à planilha e adicionamos os campos como medidas na seguinte ordem. Edite o rótulo de cada medida para remover a parte Sum().

  • Sum(Atmosphere1870)
  • Sum(Coal)
  • Sum(Oil)
  • Sum(Gas)
  • Sum(Cement)
  • Sum(Land)
  • Sum(Imbalance)
  • Sum(Land_sink)
  • Sum(Ocean_sink)

Para adicionar uma barra que mostra o resultado calculado, o nível de CO2 para 2017, abra a medida final e selecione Subtotais. Você pode definir Rótulo de subtotal como Atmosfera 2017.

Descoberta

.Como você pode ver no gráfico, o nível de CO2 na atmosfera é mais alto em 2017 do que em 1870. O carvão é o principal colaborador de CO2. Parte do aumento é compensada por sumidouros de carbono que absorvem CO2, por exemplo, o oceano. Como podemos ver, infelizmente isso não é suficiente para interromper o aumento de CO2 na atmosfera