Propriedades da árvore do mapa

Abra o painel de propriedades de uma visualização clicando em EditEditar na barra de ferramentas e clicando na visualização que você deseja editar.

Se o painel de propriedades estiver oculto, clique em open right panel no canto inferior direito para abri-lo.

Nota: Se a visualização tiver Linked Object no canto superior direito, ela será vinculada a um item mestre. Você não pode editar uma visualização vinculada, mas pode editar o item mestre. Você também pode desvincular a visualização para torná-la editável.
Nota: Algumas das configurações do painel de propriedades só estão disponíveis em algumas circunstâncias como, por exemplo, quando você usa mais de uma dimensão ou lista, ou quando você seleciona uma opção que torna outras opções disponíveis.

Dados

Clique Adicionar para adicionar uma dimensão ou uma lista.

Dimensões

Na aba Data, em Dimensions, clique em Add para abrir uma lista com as Dimensões e os Campos disponíveis. Selecione a dimensão ou campo que deseja usar.

Você também pode clicar em Expression para criar uma dimensão no editor de expressões. Para poder editar uma dimensão que é vinculada a um item mestre, você deve primeiro desvincular a dimensão. Outra maneira de criar uma dimensão é digitar a expressão diretamente na caixa de texto. Expressões adicionadas dessa forma devem começar com um sinal de igual (=). Aqui está um exemplo com uma dimensão calculada:

=If (Week < 14, Week, 'Sales')

Se Adicionar estiver inativo, não será possível adicionar outras dimensões.

  • <Nome da dimensão>: Clique no nome da dimensão para abrir suas configurações.

    Se quiser excluir a dimensão, pressione longamente/clique com o botão direito nela e selecione Delete no diálogo. Como alternativa, clique na dimensão e depois em Delete.

    • Dimensão: Exibido apenas para os itens mestres. Para poder editar uma dimensão que é vinculada a um item mestre, você deve primeiro desvincular a dimensão.
    • Campo: Se você adicionou um campo de Campos no painel de ativos, o nome do campo será exibido automaticamente. Clique em 3 para abrir o editor de expressão.
    • Rótulo: Digite um rótulo para a dimensão. Se você adicionou um campo de Campos no painel de ativos, o nome do campo será exibido automaticamente.
    • Incluir null valores: Quando selecionado, os valores da medida de todas as dimensões null são resumidos e apresentados como um item de dimensão em uma visualização. Todos os valores null são exibidos como espaços ou traços (-).
    • Limitação: Limite o número de valores exibidos. Quando você configura uma limitação, as únicas dimensões exibidas são aquelas em que o valor da medida atende ao critério dessa limitação:
      • Sem limitação: O valor padrão.

      • Número fixo: Selecione para exibir os valores superiores ou inferiores. Configure o número de valores. Você também pode usar uma expressão para definir o número. Clique em 3 para abrir o editor de expressão.

      • Valor exato: Use os operadores e configure o valor de limite exato. Você também pode usar uma expressão para definir o número. Clique em 3 para abrir o editor de expressão.

      • Valor relativo: Use os operadores e configure o valor de limite relativo em porcentagem. Você também pode usar uma expressão para definir o número. Clique em 3 para abrir o editor de expressão.

      • Cálculo com base na medida: <measure>: Mostrado quando você faz uma limitação para o número de valores da dimensão exibidos. As dimensões em que os valores de medida coincidem com os critérios são exibidas.

    • Mostrar outros: Quando selecionado, o último valor na visualização (cor cinza) resume todos os valores restantes. Quando algum tipo de limitação é definido (Número fixo, Valor exato ou Número relativo), o valor é contado como 1 nessa configuração. Se, por exemplo, Valor exato for usado e configurado como 10, o décimo valor será Outros.
    • Outro rótulo: Insira um rótulo para os valores agrupados (quando Mostrar outros está selecionado). Você também pode usar uma expressão como o rótulo. Clique em 3 para abrir o editor de expressão.
  • Incluir alternativa: Dimensões e medidas alternativas são dimensões e medidas que são adicionadas a uma visualização, mas não são exibidas até que um usuário opte por mudar quais dimensões e medidas estão sendo exibidas durante a exploração visual.

Você pode arrastar as dimensões para definir a ordem em que são exibidas na visualização. Use as barras de arrasto (o) para alterar a ordem.

Você pode arrastar um campo de Medidas para Dimensões para alterar como ele é usado. A movimentação de uma medida para Dimensões remove sua agregação. Não é possível arrastar uma medida mestre para Dimensões. Você só pode arrastar uma medida para Dimensões se sua expressão for simples. Para obter mais informações, consulte Usando expressões em visualizações.

Medidas

Na aba Dados, em Medidas, clique em Adicionar para abrir uma lista de medidas disponíveis. Selecione a medida que você deseja adicionar à visualização. Se um campo for selecionado, algumas funções de agregação comuns serão automaticamente apresentadas, que poderão ser escolhidas para a medida.

Se nenhuma medida estiver disponível, você precisa criar uma. Você pode digitar a expressão diretamente na caixa de texto ou clicar em Expression para criar uma medida no editor de expressões.

Para poder editar uma medida que é vinculada a um item mestre, você deve primeiro desvincular a medida.

Se o botão Adicionar estiver inativo, você não pode adicionar mais medidas.

  • <Nome da medida>: Clique na medida para abrir suas configurações.

    Se quiser excluir a medida, pressione longamente/clique com o botão direito na medida e selecione Delete no diálogo. Como alternativa, clique na medida e clique em Delete.

    • Expressão: Clique em 3 para abrir o editor de expressão. A expressão existente é exibida por padrão.

    • Rótulo: Digite um rótulo para a medida. As medidas não salvas nos Itens mestres são exibidas por padrão com a expressão como rótulo.
    • Medida: Exibido apenas para os itens mestres. Para poder editar uma medida que é vinculada a um item mestre, você deve primeiro desvincular a medida.
    • Formato numérico: Diferentes opções para formatar os valores da medida. Se desejar alterar o formato de número em nível de aplicativo, e não apenas para uma única medida, é melhor fazê-lo nas configurações regionais, isto é, nos comandos SET no início do script no editor da carga de dados.
    • Os seguintes formatos numéricos estão disponíveis:

      • Automático: O Qlik Sense define automaticamente uma formatação de número com base nos dados de origem.

        Para representar as abreviações numéricas, as unidades do sistema internacional são usadas, como k (milhares), M (milhões) e G (bilhões).

      • Número: Por padrão, a formatação é definida como Simples e você pode selecionar a formatação nas opções na lista suspensa. Clique no botão para alterar a formatação Personalizar e use a caixa Padrão de formato para alterar o padrão de formato.

        Examples:  

        • # ##0 descreve o número como um inteiro com um separador de milhares. Neste exemplo, “ “ é usado como separador de milhar.
        • ###0 descreve o número como um inteiro sem um separador de milhares.
        • 0000 descreve o número como um inteiro com, pelo menos, quatro dígitos. Por exemplo, o número 123 será mostrado como 0123.
        • 0.000 descreve o número com três casas decimais. Neste exemplo, “.” é usado como separador decimal.

        Se você adicionar o sinal de porcentagem (%) ao padrão de formato, os valores da medida serão automaticamente multiplicados por 100.

      • Dinheiro: Normalmente, o padrão de formato usado para dinheiro é o mesmo que o configurado no sistema operacional. Use a caixa Padrão de formato para alterar o padrão de formato.
      • Data: Por padrão, a formatação é definida como Simples e você pode selecionar a formatação nas opções na lista suspensa. Clique no botão para alterar a formatação Personalizar e use a caixa Padrão de formato para alterar o padrão de formato.
      • Duração: Normalmente, o padrão de formato usado para a duração é o mesmo que o configurado no sistema operacional. A duração pode ser formatada como dias, ou como uma combinação de dias, horas, minutos, segundos e frações de segundos. Use a caixa Padrão de formato para alterar o padrão de formato.
      • Personalizar: Normalmente, o padrão de formato usado para Personalizado é o mesmo que o configurado no sistema operacional. Use as caixas Padrão de formato para alterar o padrão de formato.
        • Separador decimal: Configure o separador decimal.
        • Separador de milhar: Defina o separador de milhar.
        • Padrão de formato: Defina o padrão de formato numérico.
        • Redefinir padrão: Clique para voltar ao padrão predefinido.
      • Expressão da medida: O padrão de formato é determinado pela expressão da medida. Use essa opção para exibir formato numérico personalizado para uma medida em uma visualização.

        Limitações:

        Somente funciona com visualizações que aceitam medidas.

        Não pode ser usado com um gráfico de caixa.

        Não afeta o formato numérico do eixo.

  • Incluir alternativa: Dimensões e medidas alternativas são dimensões e medidas que são adicionadas a uma visualização, mas não são exibidas até que um usuário opte por mudar quais dimensões e medidas estão sendo exibidas durante a exploração visual.

Você pode arrastar um campo de Dimensões para Medidas para alterar como ele é usado. A movimentação de uma dimensão para Medidas atribua uma agregação a ela. Não é possível arrastar uma dimensão mestre para Medidas.

Classificação

A classificação é realizada automaticamente por tamanho de medida.

Complementos

  • Manipulação de dados:

    • Incluir valores zero: Quando selecionadas, as medidas que têm o valor "0" não são incluídas na apresentação. Se houver mais de um valor de medida, todos os valores da medida deverão excluir o valor "0" da apresentação.

    • Condição de cálculo: Especifique uma expressão nesse campo de texto para definir uma condição que precisa ser atendida (verdadeira) para que o objeto seja exibido. O valor pode ser inserido como uma fórmula calculada. Por exemplo: count(distinct Team)<3. Se a condição não for atendida, a mensagem ou expressão inserida em Mensagem exibida será apresentada.

      Uma condição de cálculo é útil quando um gráfico ou tabela for muito grande a ponto de diminuir a velocidade da resposta da visualização. Uma condição de cálculo pode ajudar, de modo que um objeto, por exemplo, não seja mostrado até que o usuário tenha filtrado os dados para um nível mais controlável ao aplicar seleções.

Aparência

Geral

  • Mostrar títulos: Selecione para habilitar ou desabilitar títulos, legendas e notas de rodapé no gráfico.

    Digite o Título, Subtítulo e Nota de rodapé. Por padrão, a string é interpretada como uma string de texto. No entanto, você também pode usar o campo de texto para uma expressão ou uma combinação de texto e expressão. Um sinal de igual (=) no início de uma string mostra que ela contém uma expressão.

    Clique em Expression se quiser criar uma expressão utilizando o editor de expressões.

    Example:  

    Suponha que a seguinte string seja usada, incluindo as aspas: 'Sales: ' & Sum(Sales).

    Por padrão, a string é interpretada como uma string de texto e exibida conforme apresentada no exemplo. Mas se você iniciar a string com um sinal de igual: (='Sales: ' & Sum(Sales)), ela será interpretada como uma expressão. A saída é então Sales: <valor da expressão>, em que <valor da expressão> é o valor calculado.

  • Mostrar detalhes: Defina como Mostrar para permitir que os usuários escolham se desejam visualizar detalhes, como descrições, medidas e dimensões.

Estados alternados

  • State: Set the state to apply to the visualization. You can select:

    • Any alternate state defined in Master items.
    • <inherited>, in which case the state defined for the sheet is used.
    • <default state>, which represents the state where no alternate state is applied.

    For more information about alternate states, see Usando estados alternados para análises comparativas.

Apresentação

  • Cabeçalhos e rótulos: com a configuração Automático, a exibição varia com o tamanho do mapa de árvore. Os mapas de árvores muito pequenos não têm cabeçalhos ou rótulos folha. Os mapas de árvores pequenos têm rótulos de sobreposição e nenhum rótulo folha. Os mapas de árvores grandes têm cabeçalhos e (alguns) rótulos folha. Com a opção Personalizar, é possível configurar os cabeçalhos e rótulos folha:
    • Cabeçalhos: Quando definido como Desativado, você pode usar Rótulos de sobreposição ou nenhum rótulo, configurando Rótulos de sobreposição como Desativado.

    • Rótulos folha: Com a configuração Automático, os rótulos folha são exibidos quando há espaço suficiente.
    • Rótulos de valor: Defina essa opção como Desativado se quiser ocultar rótulos de valor nas barras. Com a configuração Automático, os rótulos de valor são exibidos se houver espaço suficiente.

Cores e legendas

  • Cores: Selecione como os valores do gráfico são coloridos. Existem duas configurações:
    • Automático: Colore os valores do gráfico usando as configurações padrão.
    • Personalizar: Selecione manualmente o método para colorir seus valores no gráfico. Os seguintes métodos estão disponíveis:
      • Cor única: Colorir o gráfico usando uma única cor (azul por padrão). Use o seletor de cores para alterar a cor da dimensão.
        • Usar cores da biblioteca: Opção disponível quando uma dimensão mestre ou medida mestre usada na visualização tem uma cor atribuída a ela. Você pode selecionar para usar cores de itens mestre ou desabilitá-las. Em casos nos quais uma visualização tenha tanto uma dimensão quanto uma medida mestres com cores atribuídas, é possível selecionar qual usar na visualização.

      • Por dimensão: Colorir o gráfico por valores de dimensão. Por padrão, 12 cores são usadas para as dimensões. As cores são reutilizadas quando houver mais de 12 valores de dimensão. Quando selecionada, as seguintes configurações estão disponíveis:

        • Selecionar dimensão: Insira um campo ou uma expressão contendo os valores para colorir objetos nesse gráfico.
        • Cores da biblioteca: Selecione se deseja usar a cor da dimensão mestre ou desabilitar essa cor. Opção disponível apenas quando uma dimensão mestre usada na visualização tem uma cor atribuída a ela.
        • Cores persistentes: Selecione para que as cores permaneçam as mesmas entre os estados de seleção.
        • Esquema de cores: Selecione 12 cores ou 100 cores a serem usadas para os diferentes valores. As 12 cores podem ser diferenciadas por daltônicos, mas não todas as 100 cores.

      • Por medida:
        • Selecionar medida: Selecione a medida a ser usada para colorir seu gráfico.
        • Cores da biblioteca: Selecione para usar as cores de medidas mestre ou desabilitá-las. Opção disponível apenas quando uma medida mestre usada na visualização tem cores atribuídas a ela.
        • Rótulo: Insira um texto ou uma expressão para a medida exibida na legenda.
        • Esquema de cores: Selecione um esquema de cores entre as seguintes opções:
          • Gradiente sequencial: A transição entre os diferentes grupos de cores é feita usando diferentes tons de cores. Os valores de medida altos têm tons mais escuros.

          • Classes sequenciais: A transição entre os diferentes grupos de cores é feita usando cores nitidamente diferentes.

          • Gradiente divergente: Usado ao se trabalhar com dados classificados de baixo para alto, por exemplo, para mostrar o relacionamento entre diferentes áreas em um gráfico. Os valores baixos e altos têm cores escuras; as cores intermediárias são claras.
          • Classes divergentes: Pode ser visto como duas classes sequenciais combinadas, com o intervalo médio compartilhado. Os dois extremos, alto e baixo, são enfatizados em cores escuras com tons contrastantes, e os valores intermediários críticos são enfatizados em cores claras.
        • Cores inversas: Quando selecionado, o esquema de cores é invertido.
        • Intervalo: Defina o intervalo de valores usados para colorir por medida ou por expressão.
          • Automático: O intervalo de cores é definido pelos valores da medida ou da expressão.
          • Personalizar: Quando a opção Personalizar está selecionada, você pode definir os valores Mín e Máx para o intervalo de cores.
      • Por expressão: Colore o gráfico usando uma expressão para definir cores para valores. Os formatos de cores com suporte são: RGB, ARGB e HSL.
        • Expressão: Insira a expressão que você deseja usar. Clique em 3 para abrir o editor de expressão.
        • A expressão é um código de cor: Selecionado por padrão. Na maioria dos casos, é melhor manter essa configuração. Quando a seleção é desmarcada, a expressão é avaliada como um número, que por sua vez é representado em um dos gradientes do gráfico.

          Para obter mais informações, consulte Colorindo uma visualização

          Quando a coloração é por medida ou por expressão, é possível definir o intervalo de cores (valores Mín. e Máx.). Ao definir o intervalo de cores, as cores permanecem constantes em todas as seleções e paginação. Ao usar cores por expressão, a opção A expressão é um código de cores deve ser desmarcada antes de definir o intervalo de cores.

  • Mostrar legenda: Não disponível quando a opção Cor única está selecionada. Por padrão, definido como Off. A legenda será exibida se houver espaço suficiente. O posicionamento pode ser alterado na configuração de Posição da legenda.
  • Posição da legenda: Selecione onde exibir a legenda.
  • Mostrar título da legenda: Quando selecionado, o título da legenda é exibido.