Ir para conteúdo principal

Criando aplicativos

Aplicativos Qlik Sense contêm dados e usam visualizações para explorar esses dados. Faça descobertas aplicando seleções a visualizações.

A base de um aplicativo é o modelo de dados e o script de carregamento. Medidas e dimensões são itens de dados reutilizáveis usados para criar gráficos. Pastas e histórias exibem e organizam suas visualizações. Marcadores são uma maneira fácil de salvar um estado de seleção específico em uma pasta.

Building blocks of an app.

Aquele que cria o aplicativo é automaticamente designado como seu proprietário. Um aplicativo pode ser reutilizado, modificado e compartilhado com outras pessoas, dependendo dos direitos de acesso.

Nota: O formato de arquivo .qvf é um formato proprietário.

Bases

Gerenciador de dados e Editor de carregamento de dados

O Gerenciador de dados permite adicionar e transformar dados rapidamente. Você também pode associar tabelas de dados. O Editor de carregamento de dados usa scripts para se conectar a uma fonte de dados e recuperar os dados. Consulte Gerenciando dados em aplicativos com o Gerenciador de dados e Usando o editor de carregamento de dados.

Modelo de dados

Os dados carregados são estruturados em um modelo de dados. Você pode carregar seus dados para criar o modelo de dados mais adequado para o seu aplicativo. Consulte Visualizando o modelo de dados.

Medidas

Medidas são cálculos usados em visualizações. As medições são criadas a partir de uma expressão composta de funções de agregação, como Sum ou Max, combinadas com um ou vários campos. Consulte Medidas e Usando expressões em visualizações.

Dimensões

Dimensões são campos usados em visualizações. As dimensões determinam como os dados em uma visualização são agrupados. Por exemplo: vendas totais por país ou número de produtos por fornecedor. Consulte Dimensõese Campos.

Estrutura e aparência

Pastas

Pastas contêm visualizações de dados, como gráficos e tabelas. Para criar a estrutura do seu aplicativo, agrupe visualizações em pastas. Por exemplo, você pode ter uma pasta para vendas na América do Norte e uma pasta diferente para a Europa. Para obter mais informações, consulte Estruturando um aplicativo usando pastas e Escolhendo e usando visualizações.

Marcadores

Marcadores são atalhos para um determinado conjunto de seleções e expansões de gráficos. Consulte Seleções de marcação.

Histórias

As histórias baseiam-se em snapshots das visualizações. Apresente seus dados criando uma história que o orienta para novas ideias, combinando snapshots de dados em horários e estados de seleção específicos. Consulte Dados contadores de história.

Trabalhando com aplicativos no hub de nuvem

Você pode adicionar, editar e compartilhar aplicativos no hub de nuvem.

Aplicativos podem ser adicionados no hub de nuvem por usuários com uma função Professional. Os membros do hub de nuvem podem visualizar e interagir com aplicativos compartilhados. Eles não podem adicionar conteúdo de comunidade, como pastas e histórias a aplicativos compartilhados, a menos que o aplicativo esteja em um espaço compartilhado ao qual eles tenham acesso para edição.

Nota:

Os aplicativos criados no Qlik Sense Enterprise on Windows e publicados no hub de nuvem não podem ser editados ou compartilhados no hub de nuvem. Se você quiser editar esses aplicativos no hub de nuvem, deve exportá-los do QMC e importá-los para o hub de nuvem.

Há diferentes maneiras de desenvolver aplicativos e compartilhá-los no seu hub de nuvem. Veja a seguir um exemplo de ciclo de vida de aplicativo:

  1. Adicione seu aplicativo ao hub de nuvem

    Você pode criar um novo aplicativo e desenvolvê-lo no hub de nuvem. Se você tiver um aplicativo no hub de nuvem que deseja usar como um modelo, poderá duplicar esse aplicativo e, em seguida, editar a cópia. Você também pode importar um aplicativo exportado de outra implementação do Qlik Sense.

    Criando aplicativos no hub de nuvem

    Se você quiser desenvolver o aplicativo de forma colaborativa, pode adicioná-lo a um espaço compartilhado. Para um fluxo de trabalho de espaços de amostra, consulte Trabalhando com outras pessoas no hub de nuvem.

  2. Adicionar dados e desenvolver seu aplicativo

    Se você tiver criado um novo aplicativo, poderá adicionar fontes de dados, criar seu modelo de dados e depois criar pastas e histórias. Se o aplicativo estiver em um espaço compartilhado, você também poderá usar fontes de dados já adicionadas ao espaço.

    Se você tiver copiado um aplicativo, poderá alterar as fontes de dados, rever o modelo de dados e editar pastas e histórias. Se você duplicar um aplicativo que contém fontes de dados que não são suas, precisará adicionar essas fontes.

    Se tiver carregado um aplicativo, será necessário adicionar as fontes de dados originais ao aplicativo novamente. Você também pode adicionar novas fontes de dados e alterar o conteúdo.

    Suas pastas e histórias são privadas até que você as torne públicas.

  3. Criar uma programação de recarregamento de dados

    Você pode criar cargas programadas dos seus dados para garantir que as visualizações reflitam as informações mais atualizadas.

    Carregando dados de aplicativos no hub de nuvem

  4. Compartilhar seu aplicativo com outros membros

    Você pode compartilhar seu aplicativo pessoal com os membros do seu hub de nuvemmovendo o aplicativo para um espaço compartilhado. Você também pode publicar o aplicativo em um espaço gerenciado.

    Trabalhando com outras pessoas no hub de nuvem

  5. Atualizar seu aplicativo

    Como proprietário do aplicativo, você pode receber comentários dos usuários do seu aplicativo. Um aplicativo compartilhado pode ser atualizado a qualquer momento. Você pode tornar as pastas e as histórias privadas novamente para continuar trabalhando nelas. Você pode fazer alterações no modelo de dados.

  6. Remover um aplicativo do hub de nuvem

    Quando o aplicativo não é mais necessário, você pode excluí-lo do hub de nuvem.

    Excluindo aplicativos