Tipos de campos do Direct Discovery

No Direct Discovery, existem três tipos de campos de dados: DIMENSION, MEASURE e DETAIL. Os tipos são definidos nos campos de dados quando a seleção do Direct Discovery é feita com o comando Direct Query no script de carregamento.

Direct Query

Todos os campos do Direct Discovery podem ser usados em combinação com campos na memória. Normalmente, os campos com valores discretos que serão usados como dimensões devem ser carregados com a palavra-chave DIMENSION, enquanto os dados numéricos que serão usados em agregações devem ser marcados apenas como campos MEASURE.

A tabela a seguir resume as características e os usos dos tipos de campos do Direct Discovery:

Tipo de campo Em memória? Associação de formulários? Usado em expressões de gráfico?
DIMENSION Sim Sim Sim
MEASURE Não Não Sim
DETAIL Não Não Não

Campos DIMENSION

Os campos DIMENSION são carregados na memória e podem ser usados para criar associações entre dados na memória e os dados dos campos do Direct Discovery. Os campos do Direct DiscoveryDIMENSION também são usados para definir os valores de dimensão nos gráficos.

Campos MEASURE

Campos MEASURE, por outro lado, são reconhecidos em um "meta nível". Campos MEASURE não são carregados na memória (não aparecem no visualizador de tabela). O propósito é permitir que agregações de dados nos campos MEASURE ocorram no banco de dados e não na memória. Apesar disso, os campos MEASURE podem ser usados em expressões sem alterar a sintaxe de expressão. Como resultado disso, o uso dos campos do Direct Discovery a partir do banco de dados é transparente para o usuário final.

As seguintes funções de agregação podem ser usadas com campos MEASURE:

Campos DETAIL

Campos DETAIL fornecem informações ou detalhes que você pode exibir, mas não usar, nas expressões do gráfico. Campos designados como DETAIL geralmente contêm dados que não podem ser agregados de forma significativa, como comentários.

Qualquer campo pode ser designado como um campo DETAIL.