Nomes de tabela

As tabelas do QlikView são nomeadas quando são armazenadas na base de dados do QlikView. Os nomes de tabelas podem ser usados, por exemplo, para comandos LOAD com uma cláusula resident ou com expressões contendo a função peek e podem ser vistos no campo de sistema $Table no layout.

As tabelas são nomeadas de acordo com as seguintes regras:

  1. Se um rótulo preceder imediatamente uma declaração LOAD ou SELECT, o rótulo será utilizado como nome da tabela. O rótulo deve ser seguido por dois-pontos.

    Example:  

    Table1:

    LOAD a,b from c.csv;

    Rótulos da tabela

  2. Se nenhum rótulo for fornecido, será usado o nome do arquivo ou nome da tabela que segue imediatamente a palavra-chave FROM na declaração LOAD ou SELECT.
    Nota: Se um nome de arquivo for definido como um curinga, como *.csv, o nome se tornará tablename-1.
  3. As tabelas carregadas inline serão nomeadas INLINExx, em que xx é um número. A primeira tabela inline receberá o nome INLINE01.
  4. As tabelas geradas automaticamente serão nomeadas AUTOGENERATExx, em que xx é um número. A primeira tabela gerada automaticamente receberá o nome AUTOGENERATE01.
  5. Se um nome de tabela gerado de acordo com as regras apresentadas estiver em conflito com um nome de tabela anterior, o nome é estendido com -x, em que x é um número. O número será incrementado até que não haja mais conflito. Por exemplo, três tabelas poderiam ser nomeadas Budget, Budget-1 e Budget-2.

Há três domínios separados para nomes de tabelas: section access, section application e tabelas de mapeamento. As tabelas geradas em section access e section application são tratadas separadamente. Se um nome de tabela referenciado não for encontrado na seção, o QlikView também pesquisará a outra seção. As tabelas de mapeamento são tratadas separadamente e não têm conexão alguma com os outros dois domínios de nomes de tabelas.