Tabelas lógicas

Cada comando LOAD ou SELECT gera uma tabela. Normalmente, o QlikView trata o resultado de cada uma delas como uma tabela lógica. No entanto, existem duas exceções a essa regra:

  • Se dois ou mais comandos resultarem em tabelas com nomes de campo idênticos, as tabelas serão concatenadas e tratadas como uma tabela lógica.
  • Se um comando LOAD ou SELECT for precedido por algum dos qualificadores a seguir, os dados serão alterados ou tratados de forma diferente:
concatenate Essa tabela é concatenada com (adicionada a) outra tabela nomeada ou com a tabela lógica criada mais recentemente.
crosstable Essa tabela será convertida do formato de tabela cruzada para formato de coluna.
generic Essa tabela será dividida em várias outras tabelas lógicas.
info Essa tabela será carregada não como uma tabela lógica, mas como uma tabela de informações que contém links para informações externas, como arquivos, sons, URLs etc.
intervalmatch A tabela (que deve conter exatamente duas colunas) será interpretada como intervalos numéricos, que são associados a números discretos em um campo especificado.
join Essa tabela será unida pelo QlikView com outra tabela nomeada ou com a tabela lógica criada anteriormente, pelos campos em comum.
keep Essa tabela é reduzida para os campos em comum com outra tabela nomeada ou com a tabela lógica criada mais recentemente.
mapping Essa tabela (que deve conter exatamente duas colunas) será lida como uma tabela de mapeamento, que nunca é associada a outras tabelas.
semantic Essa tabela será carregada não como uma tabela lógica, mas como uma tabela semântica que contém relacionamentos que não devem ser unidos, como predecessor, sucessor e outras referências a outros objetos do mesmo tipo.

Quando os dados forem carregados, as tabelas lógicas serão associadas.