Campos de entrada

O QlikView suporta um tipo especial de campo, o campo de entrada, que pode ser alterado sem a execução de script.

Um campo de entrada é como qualquer outro campo do QlikView; a diferença é que seus valores lidos no script, podem ser alterados posteriormente sem precisar executar novamente o script. Os campos de entrada podem ser usados como qualquer outro campo em todos os tipos de objeto de pasta.

Nota: Os campos de entrada não devem ser usados para quantias grandes de dados, pois seu armazenamento de dados é significativamente menos eficiente que dos campos regulares.

Ao usar campos de entrada, o script cria espaços reservados para cada valor de campo, que podem ser editados posteriormente para conter novos dados. Qualquer campo pode ser transformado em campo de entrada, listando-o em um comando inputfield no script antes que ele apareça em um comando LOAD ou SELECT.

Os valores de um campo de entrada podem ser alterados nas células de lista, de tabelas e de expressão de tabela. Apenas as colunas de listas e de tabela que contêm campos de entrada podem ser editadas. Ao passar o mouse sobre uma célula editável, é possível ver um ícone de entrada. Clique no ícone para definir a célula no modo de edição de entrada. É possível usar as teclas de seta para cima/para baixo para percorrer as células no modo de edição de entrada. Todo o documento QlikView será recalculado automaticamente sempre que forem inseridos novos valores.

Nota: Um campo calculado e campos chave não podem ser usados como campo de entrada. A funcionalidade de campo de entrada será desativada automaticamente.

Uma célula de expressão gráfica de tabela pode conter uma função de agregação de campo de entrada e ainda assim ser aberta. A alteração será distribuída para os valores de campo subjacentes, com base nos algoritmos predefinidos, por exemplo, "distribuir igualmente" ou "distribuir proporcionalmente".

É possível especificar uma mudança relativa.

Nota: A mudança relativa funciona quando o modo de distribuição está sendo usado como parte da expressão.

A seguinte sintaxe se aplica (n é um número):

%+n aumenta o valor atual por n% 
%-n diminui o valor atual por n% 
+=n aumenta o valor atual por n 
-=n diminui o valor atual por n 
*=n multiplica o valor atual por n 
/=n divide o valor atual por n 

Example:  

%+10 aumenta o valor atual em 10%.

+=56 aumenta o valor atual em 56.

*=2 multiplica o valor por 2.

/=2 divide o valor por 2.

/=0 sem alteração.

Existem também as APIs de Automação para extrair e definir valores de forma programática.