Grupos hierárquicos (drill-down)

Quando vários campos formam uma hierarquia natural, faz sentido criar um grupo hierárquico. Exemplos típicos de grupos hierárquicos:

Tempo: Ano, Trimestre, Mês

ou:

Geografia: Continente, País, Estado, Cidade

Quando um grupo hierárquico for usado como uma dimensão em um gráfico, o gráfico utilizará o primeiro campo da lista de campos do grupo que tiver mais de um valor possível. Se forem feitas seleções que façam com que o campo tenha somente um valor possível, o campo seguinte da lista será usado em vez disso, desde que tenha mais de um valor possível. Se nenhum campo da lista tiver mais de um valor possível, o último campo será usado de qualquer forma.

No primeiro exemplo, Ano será usado como dimensão do gráfico até que um único ano seja selecionado. Em seguida, o gráfico mostrará Trimestre. Se um único trimestre for selecionado, o gráfico alternará para Mês.

Quando as seleções desaparecerem, disponibilizando mais de um campo nos campos superiores da lista de campos do grupo, o gráfico voltará a subir automaticamente. Para forçar sua subida, clique no ícone de subida no gráfico.

Um recurso especial será exibido quando o mesmo grupo hierárquico for usado em mais de uma dimensão na especificação do gráfico. Na segunda ocorrência do grupo, o campo usado será movido automaticamente um passo para baixo na lista de campos do grupo. Por exemplo, se você criar um gráfico bidimensional com o grupo Geografia acima usado como a dimensão Principal e a segunda dimensão,Continente e País serão usados inicialmente. Assim que um continente for selecionado, País e Estado serão usados.

Note: embora seja conveniente usar esse recurso com hierarquias naturais, nada impede que também seja usado em outras situações.
Note: Se você usar uma expressão de dimensão que resulta em uma ilha de dados, não é possível fazer a hierarquia, visto que uma hierarquia válida é necessária. Neste caso, você precisa adaptar a expressão para incorporar os valores na hierarquia.