Registros

O Qlik NPrinting possui arquivos de log detalhados, que permitem que os analistas de log visualizem eventos registrados por diferentes serviços. Por exemplo, é possível acompanhar uma solicitação propagada para diferentes tarefas e replicada de volta para criar uma resposta.

Quando precisar resolver um problema, comece verificando as linhas com erros nos arquivos de log. Você normalmente encontrará mensagens úteis de erro que o ajudarão a entender a origem do problema. Você deve incluir os arquivos de log em suas solicitações de suporte.

Visão geral

Arquivos de log são salvos em %ProgramData%\NPrinting\Logs. Eles estão divididos em três famílias:

  • nprinting_scheduler.log (contém o log do Qlik NPrinting scheduler service)
  • nprinting_webengine.log
  • nprinting_engine.log

Quando um arquivo se torna grande demais para ser gerenciado com facilidade, o Qlik NPrinting cria um novo arquivo e adiciona um sufixo inteiro progressivo ao antigo= Portanto, o arquivo sem sufixo é o arquivo atual, e os arquivos com sufixos são os arquivos mais antigos. Um sufixo maior indica arquivos mais antigos. Por exemplo:

  • \NPrinting\Logs (arquivo mais novo)
  • \NPrinting\Logs.1
  • \NPrinting\Logs.2 (arquivo mais antigo)

Esses arquivos não são girados diariamente. Você precisa excluir manualmente arquivos antigos para economizar espaço em disco. O número de arquivos mantidos depende das configurações nos seguintes arquivos de configuração:

  • C:\Program files\NPrintingServer\NPrinting\Engine\Qlik.NPrinting.Engine.config (Engine Service)
  • C:\Program files\NPrintingServer\NPrinting\Scheduler\Qlik.NPrinting.Scheduler.config (Scheduler Service)
  • C:\Program files\NPrintingServer\NPrinting\Engine\Qlik.NPrinting.Engine.config (Engine Service)

Você pode alterar essas configurações editando estas cadeias:

<maxSizeRollBackups value="3" />
<maximumFileSize value="10MB" />

Estrutura de arquivos de log

Todos os arquivos de log têm os seguintes campos:

  • Product Assembly Name
  • Product Version
  • Class Name
  • Timestamp
  • Severity
  • Hostname
  • User name
  • User ID
  • WebEngine Request ID
  • Connection ID
  • Task ID
  • Execution ID
  • Report ID
  • Request ID
  • Transformation ID
  • Message
  • Exception
  • Stacktrace

Arquivos de log são arquivos de valores separados por tabulação, portanto podem ser importados como tabelas.

Alterando o nível de detalhes de log

O nível de log é definido como INFO por padrão. Você pode alterar o nível de log para DEBUG de um serviço do Windows.

Faça o seguinte:

  1. Abra o arquivo de configuração adequado com um editor de texto:
    • C:\Arquivos de Programas\NPrintingServer\NPrinting\Engine\Qlik.NPrinting.Engine.exe.config
    • C:\Arquivos de Programas\NPrintingServer\NPrinting\Scheduler\Qlik.NPrinting.Scheduler.exe.config
    • C:\Arquivos de Programas\NPrintingServer\NPrinting\WebEngine\Qlik.NPrinting.WebEngine.exe.config

    Em que C:\Program Files\NPrintingServer é o caminho de instalação do Qlik NPrinting Server. Adapte-o à sua instalação se necessário.

    Se você quiser exibir os logs do Qlik NPrinting On-Demand, precisará definir Qlik.NPrinting.Engine.exe.config como DEBUG.

  2. Procure:

    <root>

    <level value="INFO" />

    <appender-ref ref="LogFileAppender" />

    <!--Uncomment the row below and set the level value above to obtain the logs in the file nprinting_engine_dev.log-->

    <!--<appender-ref ref="LogFileAppenderDev" />-->

    <appender-ref ref="LogFileAppender" />

    </root>

  3. Altere o level value para "DEBUG":

    <root>

    <level value="DEBUG" />

    <appender-ref ref="LogFileAppender" />

    <!--Uncomment the row below and set the level value above to obtain the logs in the file nprinting_engine_dev.log-->

    <!--<appender-ref ref="LogFileAppenderDev" />-->

    <appender-ref ref="LogFileAppender" />

    </root>

  4. Remover comentário: <!--<appender-ref ref="LogFileAppenderDev" />-->

  5. Salve os arquivos editados.
  6. Reinicie o serviço do Windows correspondente.

Quando você altera um nível de log para DEBUG, um novo arquivo de log é criado. O novo arquivo de log tem o mesmo nome do arquivo de log existente com o nível de detalhes INFO, seguido por _dev. Por exemplo:

  • nprinting_scheduler_dev.log
  • nprinting_webengine_dev.log
  • nprinting_engine_dev.log

Os arquivos de log padrão ainda estarão presentes e continuarão contendo apenas informações no nível INFO.